Siga-nos nas redes sociais:

II Fórum de Telemedicina do Conselho Federal de Medicina (CFM)

A Sociedade Brasileira de Patologia (SBP), representada pelo Dr. Renato Lima de Moraes Júnior, Vice-Presidente da SBP para Assuntos Profissionais, participou do II Fórum de Telemedicina do Conselho Federal de Medicina (CFM) no dia 7 de fevereiro.

Nesse evento discutiu-se a resolução 2.227/2018, publicada no dia 6 de fevereiro de 2019, que normatiza a telemedicina em suas várias atividades, desde a medicina de família até a medicina diagnóstica, que afeta diretamente a Patologia. Em seu artigo 9º especifica como serão feitas as normativas para essas especialidades.

Antecipando-se a isso, a SBP enviou, após colocar em consulta a seus sócios, no ano de 2017 uma proposta de resolução para a Telepatologia, que segundo as informações do relator da Câmara técnica de Informática e Saúde do CFM, Dr. Aldemir Humberto Soares, encontra-se em fase final para aprovação pela plenária do Conselho, não passando assim por outros trâmites especificados na resolução.

O Dr. Renato Moraes questionou sobre a certificação digital, que em reuniões passadas seria cobrada por cada laudo. Segundo o Dr. Aldemir Soares isso não mais está previsto, bastando que o patologista tenha sua própria certificação, que pode ser obtida pelos conselhos em regime de parceria por prazos de até três anos.

A data para uma nova reunião, convocada pela Associação Médica Brasileira (AMB), será no dia 19 de fevereiro. Além das entidades participantes do Fórum, o Dr. Clóvis Klock, Presidente da SBP, também irá à reunião.



Autor
Equipe SBP
Publicado em
2019/02/08
Compartilhe!
Voltar para o blog

assinar a newsletter