Homem, 40 anos com tumoração em corda vocal

Visualize as lâminas:

Lamina 1 | Lamina 2


Diagnóstico: Pseudotumor de células fusiformes associado a infecção por micobactéria.

Comentário: O pseudotumor de células fusiformes associado a infecção por micobactérias é uma rara lesão benigna que foi descrita pela primeira vez por Wood et al. na pele de um paciente pós-transplante cardíaco. Clinicamente e morfologicamente,  esta lesão mimetiza o sarcoma de Kaposi e outros tumores mesenquimais. A lesão comumente acomete pacientes imunocomprometidos, como aqueles com infecção por vírus (HIV), submetidos a transplante de órgãos e aqueles que recebem medicamentos imunossupressores prolongados. Comumente envolve linfonodo e pele, tendo sido relatado mais raramente no pulmão, cérebro, septo nasal e baço. A maioria dos casos relatados está associada ao complexo Mycobacterium avium e a outras micobactérias não tuberculosas.

O diagnóstico diferencial inclui outros tumores benignos e malignos, como sarcoma de kaposi , pseudotumor inflamatório e sarcoma de células dendríticas. Os achados morfológicos aliados a presença do BAAR e a demonstração imuno-histoquimica da natureza histiocítica do infiltrado celular são importantes para o diagnóstico.

Crédito: Pathpresenter

veja lista completa aqui

assinar a newsletter