Siga-nos nas redes sociais:

Assembleia Geral Ordinária acontece durante 31º CBP

Com ampla participação dos Patologistas presentes no 31º Congresso Brasileiro de Patologia, a Assembleia Geral Ordinária (AGO) aconteceu no dia 04 de novembro, das 11h às 13h, no auditório Granada do Centro de Convenções Minascentro.

Seguindo a programação prevista na convocação, a AGO contou com abertura do Dr. Clóvis Klock, presidente da SBP. Em seguida, o Secretário Geral da entidade, Dr. Felipe D’Almeida Costa realizou a apresentação do Relatório de Atividades da Diretoria Executiva, disponibilizado na íntegra para os associados pelo site da Sociedade (Veja AQUI).

Após, foi anunciada a Diretoria Executiva e Conselho Fiscal para o biênio 2018-2019. A chapa Consolidando Pontes foi escolhida após a primeira eleição pela internet realizada pela Sociedade Brasileira de Patologia, em que foram computados 695 votos. A diretoria executiva eleita é composta por Clóvis Klock – Presidente, Katia Ramos Moreira Leite – Vice presidente de Assuntos Acadêmicos, Renato Lima de Moraes Junior – Vice presidente de Assuntos Profissionais, Marina De Brot – Secretária Geral, Ana Lucia Botelho Guimaraes Areas – Secretária adjunta, Renata Bacic Palhares – Tesoureira e Carlos Augusto Moreira Silva – Tesoureiro Adjunto.

“Assumimos esse compromisso não por vaidade, mas pela própria SBP. Hoje temos uma sociedade mais forte exatamente pela força dos próprios patologistas e também daqueles que passaram pela Sociedade antes de nós, em todos os seus 63 anos de história”, declarou o Dr. Clóvis Klock.

Foi apresentado também balanço da Tesouraria da Sociedade, seguido pela aprovação das contas da instituição. Após um ano em que foram realizados aportes importantes com a mudança de sede e implantação de softwares de gestão, a Dra. Renata Bacic Palhares, tesoureira da Sociedade, apontou que nos próximos anos poderá ser feito um investimento mais substancial em atividades científicas da SBP.

A Assembleia Geral Ordinária também foi marcada pela apresentação do balanço do 31º Congresso Brasileiro de Patologia. No total, o CBP contou com 930 congressistas, 147 acadêmicos e a presença de 23 ligas de patologia. “Também tivemos 32 expositores esse ano, um recorde. Outro destaque positivo é a participação maior das grandes Farmacêuticas, que apresentaram principalmente biomarcadores, mostrando como a Patologia passa por mudanças”, pontuou o presidente da SBP.

Além do balanço, também foi realizada a votação que sagrou de forma unânime Fortaleza como a sede do 32º Congresso Brasileiro de Patologia, em 2019. A AGO ainda discutiu a mudança do Congresso para anos pares, de forma que não concorra com o congresso da SLAP e possa ser realizado em conjunto com o Congresso Brasileiro de Citopatologia, fortalecendo ainda mais a união entre as duas entidades. Ficou acordado que a votação dessa mudança ainda será discutida em Assembleia Geral Extraordinária, inclusive com a possibilidade de uma votação online.

Seguindo com a programação, foram feitas as homenagens aos Drs. Humberto Torloni, Marcello Franco e Manoel Barreto Neto, assim como a apresentação dos associados a candidatos a eméritos.

Finalmente, também foi informado contato recebido pela Sociedade Brasileira de Patologia por parte da Sociedade Brasileira de Dermatologia, apresentando a proposta da SBD para que a Dermatopatologia possa ser incluída como uma subespecialidade da Dermatologia. O assunto será acompanhado pela SBP, que divulgará mais informações em seus canais de comunicação.



Autor
Equipe SBP
Publicado em
2017/11/06
Compartilhe!
Voltar para o blog

assinar a newsletter